W3C

Em conformidade com:

Institucional
Sessão tem como tema principal o enfrentamento à Covid em Campo Alegre de Lourdes
07/05/2021

O tema central da sessão plenária ordinária na Câmara Municipal de Campo Alegre de Lourdes, nesta sexta-feira (07) foi a pandemia da Covid-19 no município. O assunto tem sido a principal preocupação dos vereadores, que abordaram a temática com diversas sugestões.

A Tribuna Livre, espaço dedicado aos cidadãos para manifestações, foi utilizada pelo Secretário Municipal de Saúde, Gean Antunes, que explicou sobre a situação do coronavírus no município e sobre as etapas de vacinação da população. Segundo o Secretário, mais de 5 mil pessoas já receberam a primeira dose da vacina no Município.

Durante a reunião, os vereadores fizeram diversas pontuações e sugestões ao secretário. Entre elas, dar mais clareza às informações; tomar providências quanto a CYMI; fiscalização das medidas sanitárias na sede e na zona rural; testagem em massa; descumprimento de decretos pela população, etc.

Os vereadores pediram maior na fiscalização das medidas sanitárias na sede e principalmente no interior, onde tem-se constatado aglomerações em bares e na utilização de paredões de som.

Gilmar Ramos, representante da Rádio Atração FM, também fez uso da Tribuna Livre e destacou a importância das campanhas de conscientização.

Presente na sessão, o vice-prefeito Amauri Braga disse da importância de a população contribuir, ao lado do poder público, no combate à Covid-19.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Armínio de Deus Braga, pontuou sobre a compra de testes Swab rápido e questionou sobre as medidas que serão tomadas com os “positivos” da testagem em massa.

O Secretário Municipal de Saúde prontamente respondeu a todas as indagações e manifestou-se de forma positiva às sugestões dos vereadores, prometendo, a partir de hoje, maior rigor na fiscalização das medidas sanitárias impostas a população, afirmando que a Polícia Militar e a Vigilância Sanitária irão apreender os paredões de som e aplicar multas a quem descumprir o decreto do Executivo. Prometeu implantar o sistema de teleatendimento às pessoas “positivas” impossibilitadas ou que se recusam a procurar o posto da COVID-19.

O Secretário de Saúde reconheceu que há carência de pessoal na vigilância e que há falhas na informação à população, prometendo melhorar a comunicação.

Com relação ao comércio, que tem gerado grande movimentação de pessoas, o Secretário afirmou que as medidas devem partir dos respectivos proprietários, mas que alguns comércios estão em observação e que irá conversar com os seus proprietários antes da aplicação de medidas aos mesmos.

Ainda na oportunidade, houve a leitura da indicação do vereador Luciano Nunes da Silva, para a construção de pavimentação em paralelepípedos das ruas internas do cemitério municipal. A indicação recebeu apoio de todos os vereadores presentes.



Autor: